terça-feira, 26 de maio de 2009

Amizades desfeitas


Como a vida da gente é engraçada ..Tem épocas que fazemos amizades com pessoas que achamos ser para toda vida .Convivemos todos os dias ,saímos ,trabalhamos juntos ,compartilhamos opiniões ,ideias ,preocupações e ai por algum motivo que as vezes não tem nem explicação ou a vezes até tem ,mas é melhor deixar par lá ,ou não fazer muito estardalhaço ..a tal amizade que vc achava ser para sempre acaba
Vão se os anos ai vc para para pensar ,analisar e dá uma "tristeza " saber que agora outras pessoas são amigas do seu(ua ) amiga(o) .Que você foi excluída de tantas coisas da vida daquela pessoa e vice versa ...
Triste ...
Agora é ser feliz com suas atuais amizades ,seus amigos verdadeiros .

8 comentários:

mar e ilha disse...

Andréa, vc já reparou como a mamãe tem a capacidade de manter amizades por anos... Ela liga, procura saber como está mesmo não fazendo parte do dia a dia daquela antiga amizade. Acho que temos que aprender com ela. Eu já perdi grandes amigas por não manter o contato. Vou tentar fazer isso e seguir o ex da mamae. Bjs

Aninha Leme disse...

Andréa,
é um post muito interessante o seu.
Na verdade, o segredo da boa amizade é cultivar e deixar ser o que tem que ser.
Tive amigos importantíssimos na minha vida, que foram fenomenais comigo em certas ocasiões...
Aí eles se vão, deixando uma linda lembrança.
Amigos para sempre são poucos... quem sabe 2 ou 3.
Mas os que vêm e vão também têm seu valor!

beijos querida!

Aninha Leme disse...

Oi Andréa,
meu cachorrinho é um pincher sim!
kkk
na verdade, é uma menina.
Ela não me dá sossego, é hiperativa! E comeu os dois sofás de casa! Imagine só, um bichinho desse tamanho é capaz de destruir a mobília de uma casa inteira!
kk
beijossss

Lisa Nunes disse...

Andrea, acho que para alguns amigos, a amizade é como um iô-iô, eles vão e vem, mas isso não é uma regra ou propósito, simplesmente acontece. Tem pessoas que mesmo a gente não vendo toda semana, quando reencontramos é uma delícia, como se tivéssemos visto essa pessoa ontem, é o que eu chamo de afinidade. Mas tem aquelas que quando passamos muito tempo sem vê-las, nos sentimos distantes e dá até uma estranheza quando encontramos. Não sei explicar como isso ocorre, vai ver não tem explicação. São coisas da vida.Da amizade e da maturidade. Um grande abraço

Angela disse...

Olá Andréa,
Cada pessoa tem seus valores, o que importa para mim pode não ter a menor importância para vc. As pessoas vão se mostrando ao longo do tempo. Me casei com um homem que era meu vizinho, dizia ser apaixonado por mim e tinha um discurso tão firme sobre família; conclusão: Hoje, somos separados á 10 anos, não o reconheço, ele faz coisas absurdas e simplesmente deu de ombros para tudo o que ele pregava. Assim caminha a humanidade..., claro que tem pessoas que dão o verdadeiro valor a td mas, tá difícil encontrar.
Boa sorte,
Bjs

Mônica disse...

Andrea
Dizem que amizade são como o tempo. Voce sabe que existe e que está em algum lugar do presente, do passado ou do futuro.No seu devido tempo elas se encontram e se afastam. Mas existe e é bela.
Vamos imaginar que nossos amigos nos pertencem mas que estão emprestados neste momento para outras pessoas.
Assim dói menos.
com amor Monica

Mônica disse...

Andrea
Estou aguardando ansiosa se voce foi e telefonou para as minhas amiguinhas.
Vou cobrar.
E as cachorras? Estão bonitas?
Abrace cada uma delas por mim.
Volte de manha porque quero ir a missa as 4 horas da tardeno Belvedere.
com amor Monica

Heloísa disse...

Andréa,
Esse tema nos leva a refletir. Muitas vezes, quando uma amizade esfria, ou até termina, concluímos que nem sempre é fácil conhecer uma pessoa. Achávamos que conhecíamos bem nosso amigo/a, mas na verdade isso não acontecia.
Beijos