quinta-feira, 9 de julho de 2009

COISAS DE MINAS

Hoje sai pra comprar umas lembrancinhas para uns amigos cariocas .
Fui a um centro de artesanato mineiro que fica no Palácio das Artes .Fiquei encantada com tudo !!Como o Minas é rica de belezas e as pessoas daqui são prendadas e criativas !!
Uma pena que as vezes os trabalhos manuais não são valorizados e são vendidos por preços insignificantes comparado com o "trabalho" que ele foi feito .
Fiquei pensando se daqui há alguns anos ainda teremos tantas coisas bonitas feitas a mão pelos mineiros ,pois é uma pena mas acho que muitas tradições estão se perdendo devido a esse mundo corrido que vivemos .
Um exemplo esta na minha família .Minha mãe e suas irmãs aprenderam a bordar , fazer ponto cheio , carrreirinha ,crochet ,tricot ,costurar ,cozinhar,fazer doce de calda ,goiabada etc com minha avó e com suas tias .Já nós suas filhas não sabemos fazer nem a metade disso . Nossa educação foi direcionada para outra área ,somos formadas em curso superior profissionais e preparadas para o mundo atual.
Minha sobrinha então acho que não sabe nem pregar um botão. Tem até um caso engraçado dela .Há uns anos atrás foi passar férias no interior com a avó ,que achou que estava na hora de ensinar alguns bordados para a neta .Arrumou então uma amiga para ajuda-la nessa tarefa ,combinou o horário e tudo mais .Na hora marcada a minha sobrinha chegou e disse pra minha avó e pra professora que iria soltar pipa com os primos que em outra época aprenderia a bordar .. Rimos muito ,mas até hoje ela ainda não aprendeu nem um bordado .
Mas espero que outras famílias mineiras conservem as tradições e que muitas jovens aprendam a fazer tantas coisas bonitas que existe por aqui ,nessa terra tão maravilhosa !!!

7 comentários:

Mônica disse...

Eu sou carioca, mas muito mais mineira. Os meus anos já sobram de tão mineira!
Quanto a ser prendada. Acho que vou pedir a mamae para recomeçar a me ensinar a fazer pano de prato. ma é só isso que vou fazer!
Com amor Monica

Angela disse...

Andréa,
As mudanças acontecem, cada geração tem valores diferentes. Hoje imprecindível é diploma de universidade, falar línguas diversas ou pelo menos inglês, saber usar um computador e o último lançamento de celular e jogos eletrônicos, rsrsrs. Doces, compotas, bordados e tudo o mais que se refere a artesanal e doméstico ficou fora de moda para os jovens.
Espero que´Minas Gerais o estado com o maior número de cátolicos do Brasil, possa continuar mantendo a fé e a religiosidade. E os artesanatos certamente continuarão, pois, a realidade brasileira está gerando cada vez mais a econômia informal.
Obrigada pela vista.
Bjs

Amynon disse...

Eu sou filho de Bordadeira , cresci vendo ela bordando e sei fazer de tudo um pouco que ela faz so de tanto ver, apesar de não gostar muito e nem fazer. Confesso que acho incrível como ela faz aqueles tapetes de Crochê sem nem olhar pras mãos !
Muito obrigado pela sua visita, que Deus te Abençoe sempre !
Um abraço e uma ótima Quinta pra vc !

Elisa no blog disse...

Andrea,
Me surpreendi porque aqui no Japão há muitas mulheres formadas em faculdade que costuram muito bem, tricotam, bordam fazem crochê.
Tem até curso de tricot para homens. É engraçado ver aqueles japoneses de terno após o trabalho tricotando!! Aqui valorizam muito os trabalhos manuais.

Vc tem mão boa para bolo? Que maravilha! Para mim alguns ficam bons, outros não. Não sei se é o forno, a farinha ou eu mesma... Me ensine umas dicas infalíveis por favor.
beijos,
Elisa

Angela disse...

Querida,

Aproveite mto a visita a Marília, divirtam-se.
Bjs

Lisa Nunes disse...

Andrea,
Minas é rica de belezas e pessoas como VOCÊ,MARÍLIA E MÔNICA. Voces são um exemplo de amor e unidade.
pra você, um bom fim de semana com Marília no Rio e o Rei. Beijosss

Elisa no blog disse...

Andrea,
Compro cebolinha no supermercado e quando tem raiz, planto no vasinho.
Vc vai fazer assim? Ou vai plantar semente?
beijos,
Elisa