sábado, 23 de outubro de 2010

Violencia

Em buscas de melhores estudos com 14 anos viemos morar em Belo Horizonte longe de meus pais .
Hoje fico comparando aquela época com a atual. Morávamos no centro e era possível andar á noite á pé sem muitos medos. Íamos e voltamos da escola caminhando uns 10 quarteirões ou mais sozinhas sem a necessidade de irmos de vans ou de escolares e meus pais ficavam tranqüilos ..
Atualmente vejo mães preocupadas com os filhos de 12 13 anos que infelizmente não podem ir nem na esquina de sua própria casa por medo do que poderá acontecer com eles. Seqüestro?? , assaltos?
Não sei se estão certas ou erradas de proteger tanto os filhos, pois afinal essa é a realidade e não seria melhor a criança saber se proteger????Como não tenho filhos não posso falar como agiria. Algumas das minhas amigas deixam seus filhos mais soltos e outras já são mais superprotetoras ,quem sou eu para julgá-las e saber o que fazer ???
É uma pena o mundo tão moderno cheio de tecnologias, avanços na saúde e em tantos outros setores, mas com a violência cada dia mais alarmante.
E isso não é “privilegio” só das grandes capitais não. Fiquei reparando que no interior as casas estão gradeadas ou estão com altos muros.
Bom seria se o mundo hoje fosse menos violento.

8 comentários:

Néia (Dulci) disse...

Esse aprisionamento em que se vive hoje favorece a deterioração do convívio social, mas infelizmente a segurança tem que estar em primeiro lugar.
Ainda posso me dar ao luxo de morar numa minúscula cidade e por aqui ainda contamos com muita paz e tranquilidade.
Um beijo.

Chica disse...

Seria bem melhor mesmo.Aqui em P.Alegre não podemos deixar ninguém solto na rua...

Um perigo constante.

Não há respeito nem segurança!

Uma pena!

beijos,tudo de bom e os tempos mudaram meeeeeeeeeesmo!!!chica

Néia (Dulci) disse...

Andrea, respondendo sua pergunta, meu pai nasceu em Estiva, mas viveu muitos anos numa cidade próxima, Cambuí, sul de Minas.
Um beijo.

Mônica disse...

Andrea
Pois não aconteceu quase um acidente fatal, um assalto com minha afilhada, numa cidadezinha do interior?
Em plena 3 horas da tarde.
Vamos ter que rezar pro mundo melhorar.
Faltam tudo desde o básico até Deus.
com carinho MOnica

mar e ilha disse...

Andréa, eu fico aqui sem pensar muito na violencia pque senão nem saio de casa. Vou com fé. Deus está comigo. Tio Tobias dizia que eu iria gostar do Rio até uma bala perdida me achar. Mas se isso acontecer, digo que "morrerei" feliz, pois estou onde amo . Aqui, só falta vcs, para ser PERFEITO.

Lisa Nunes disse...

Andrea,
Infelizmente não existe mais um lugar seguro e tranquilo como antigamente, é uma pena que as coisas tenham evoluido dessa maneira, e que junto com a tecnologia a violência também aumentado, são ossos do ofício. Uma pena mesmo. Por isso temos que sempre rezar para que Deus nos acompanhe.
Um abraço e boa semana querida

Mimo Chic disse...

Andreia querida, adoro a família de vocês , cada dia aprendo mais, e estar no seu blog e da Monica é como ler um romance! Um prazer!
Que essa violência se minimize ...
Bjs
Lulu & sol

Mônica disse...

Já estou com saudades
com carinho MOnica