quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Hoje vendo o post da Lisa http://lisanunes.blogspot.com/ ,fiquei com saudades da minha infância ,pois ela postou uma foto de um pedalinho num lago .
Fiquei relembrando das inúmeras vezes que íamos para Araxá e pro “Barreiro” andar de pedalinho.
Tem coisas que acho que só são boas quando fazemos em crianças, se repetimos a façanha em adultos não tem o mesmo gosto.

Fiquei pensando também que as brincadeiras do meu tempo, pular amarelinha, jogar queimada, brincar de pique esconde, subir em arvores, jogar cinco Marias parecem tão melhor do que as de hoje .Será que tenho razão ??
Uma pena, mas o mundo contribuiu para essas mudanças. Não existem mais brincadeiras de rua, pois a violência e as grandes cidades não permitem.

Mas só sei que hoje fiquei com uma recordação boa de todas as minhas brincadeiras de infância, Das Inúmeras vezes que Marília e eu subíamos na nossa jabuticabeira, das crianças da Av. Antonio Carlos brincando de pique na rua, escondendo no alpendre da Dona Helena, (ela não gostava), dos primos apostando corrido de pedalinho no lago ao redor do grande Hotel de Araxá.

7 comentários:

Diego Borges disse...

Bem, eu vejo da seguinte forma. Eu gosto muito de jogar video game, desde criança ate hoje. Só que pra jogar eu gosto de que haja outra pessoa comigo, ai esta o verdadeiro valor de jogar. Se não tem , o jogo perde a graça.
Então vendo assim acredito queas coisas continuam nos agradando em qualquer fase da vida mas pra que sintamos a mesma sensação de quando criança é necessário se fazer presente as condições ideais daquela epoca.
um abraço !!! :)

mar e ilha disse...

Andreá, tivemos uma infância feliz cheia de brincadeiras gostosas. E nossos sobrinhos também são privilegiados por terem a oportunidade de juntar os brinquedos cheios de tecnologia de hoje e as brincadeiras antigas que conheceram no interior. Muitas crianças aqui do Rio nunca subiram numa árvore, jogaram queimada, andaram na rua brincando de pique esconde. Eles puderam fazer isso. Ainda bem.

Mônica disse...

Mas as crianças da roça ainda brincam.
Pena que breve ninguem morará por lá pois todas as escolas rurais estão acabando.
Sinto alegeria por termos tido uma infancia maravoilhosa.
Enquanto muitas não tiveram esta oprtunidade.
E agradecer!
Com carinho
Monica
Eu estou muito feliz de passar o seu aniversário ao seu lado. O ano que vem vamos programar para Marilia estar presente.

Angela disse...

Deu saudade de minha infância lendo seu post. Brinquei de quase todas essas que vc citou e que bom era subir nas árvores e colher os frutos, rsrsrs.
Lindo fim de semana pra vc.
Bjs

Sandra disse...

Tá rolando promoção no Criando Asas! Passa lá e participa!
Beijos!

Lisa Nunes disse...

ANDREA QUERIDA,

que fofa mencionar meu post aqui. Saudades de ti.

Lembrei muito de ti no dia 14 de fevereiro, mas estava na praia e totalmente off line!! QUERIA TE MANDAR MEUS PARABÉNS PELO SEU DIA, QUE DEUS ABENÇOE MUITO VOCE E A MARILIA, SUA MANA QUERIDA!

1 Big beijo

Mônica disse...

Andrea
Nós tivemos uma infancia diferente de muitos adultos de hoje e de muitas crianças da tualidade. Nem as crianças quie moram na roça querem subir nas arvores ou brincar de pedalinho. Elas querem é computador ou algo ligado a tecnologia.
Adorei voce por perto.
Se cuide pois vai cuidade de mim e de mamae.
Com carinho e amor Monica