quinta-feira, 4 de março de 2010

Sopa da cegonha

Na minha família tem uma receita que foi passada de geração para geração.
É uma sopa que as mulheres tomam após seus filhos nascerem ,ou como dizia minha avó quando estão de "resguardo" .
Apesar de não ter tido filhos AMO essa sopa. Ontem me deu uma vontade e resolvi fazer.
Fiquei imaginando se realmente todas minhas tias e minha mãe tomavam essa sopa. Resolvi então fazer uma pesquisa .Minha mãe falou que a vovó tomava e que todos ficavam torcendo pra sobrar um pouco ,porque era gostosa demais . E a sopa só era feita nessas ocasiões ,ou seja quando alguma criança nascia .Fiquei pensando o porque de não fazerem uma panela bem grande pra todos da casa .Engraçado ,né??

Liguei pras outras tias.Tia Lourdinha disse que tomou sim no nascimento dos filhos e que meu avô ficava lá esperando a sobra .Tia Rosa disse que sempre esquecia .

Não sei se essa "tradição” é só da minha família ou se era da região das minhas avós.
Alguém tem alguma receita tradicional da família ??

Vou passar então a receita.

SOPA DA CEGONHA

Ingredientes
-Pedaços de galinha caipira (fiz com frango comum mesmo ) Com certeza na época da minah avó era da galinha que ficava no quintal da casa .
- 4 colheres de sopa de farinha de milho
-3 dentes de alho amassados com meia colher de sopa de sal
-2 cebolas médias
-2 caldos de galinha (isso não é do tempo da minha avó )
-1 litro de água
-1 fio de óleo
-cebolinha a gosto
Modo de fazer :
Doure o alho e a cebola no óleo, refogue os pedaços da galinha, sal a gosto e cozinhe até a galinha ficar bem cozida. Abaixe o fogo e vá adicionando a farinha de milho,mas não deixe de mexer para não empelotar .Acrescente a cebolinha ,espere borbulhar .Apague o frango e esta pronto .

8 comentários:

Vagner Lopez disse...

Oi Andrea,

Nossa! Que saudade enorme!
Fiquei tanto tempo ausente e venho passar aqui pra dizer que estou retornando.


Um beijão pra você. Saudades.

=D

Mônica disse...

Andrea
Eu gosto de sopa, um pouquinhos, mas você e mamae um tantão.
A Zildinha sempre conta caso desta sopa da cegonha.
E é saborosa porque voce faz com dedicação!
Com amor Monica
temos internet! Oba!

Mar Ilha disse...

Eu tb, como a Mõnica nao sou muito fã de sopa, mas a da cegonha eu adoro. Engraçado como eles só faziam essa sopa na época do resguardo. Coitado do vovô, devia ficar com vontade de tomar a sopa... Será que por isso tiveram 9 filhos? Vou pedir a D Lourdes para fazer para mim.

Elisa no blog disse...

Andréa,
Essa sopa parece uma delícia. Precisa ter bebê para fazer?
Senão, vou tentar fazer. Serve qualquer parte do frango? É melhor peito?

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Parece tão saborosa essa sopa! Huuuummm...
Eh bem nutritiva. Aqui perto tem uma granja boa, que vende galinha caipira! Vou lá comprar uma.

Vou copiar a receita, mto obrigado por compartilhar ,Andréa. Bjos

Fernanda Reali disse...

Que delícia! Te vi na janelinha do blogroll no blog da Elisa Fuji. A sopa parece uma delícia. A que faço é canja de galimha, mesmo passo a passo, trocando-se a farinha de milho pelo arroz branco.
Vou repassar a receitinha para minha amiga Paula, que está esperando bebê.
Beijos e obrigada! :)

Mônica disse...

Andrea
Nós merecemos mas mamae merece um trofeu. Criou 6 filhos e nunca deixou de TRABALHAR.
E ainda poderia ter sido a primeira mulher do triangulo mineiro a ser advogada.
Mas o papai falou mais alto do que o status.
Ela bem que merece ir para a Suiça.
Com carinho Monica

Lucimar Sant`Ana disse...

Mulher!
As mulheres, eu desejo que cada dia elas possam realizar seus sonhos. E se tornarem cada vez mais guerreiras valentes através das suas conquistas.
E ainda possam realizar todas as suas jornadas como mulher, mãe, esposas, amigas, namoradas não esquecendo de buscar o equilíbrio, sendo sensível e adorável.
A mulher deve ser respeitada acima de tudo, ser amada, por seus filhos, seus esposos, seus namorados, assim elas se tornam cada vez mais encantadoras.
Mulher, dádiva de Deus, essencial como ser.

Parabéns pelo o dia Internacional da Mulher!
Estou visitando.
Desejo que tenha todas as suas conquista neste ano de 2010.
Beijos.

Lucimar