terça-feira, 24 de março de 2009

Excessos


Esse fim de semana arrumando meus armários me dei conta da quantidade de coisas que tenho que nunca uso ou que nunca usei ...

Bijouterias tenho de toda cor , modelo ,feitio ..posso dar ,vender ,jogar fora (brincadeira ) ..Roupas ídem ,sapatos tbem ...

Não sou uma pessoa consumista ,mas tenho muitos excessos em meu guarda roupa ..

Fiquei lembrando de meu pai ,quando ele faleceu fomos arrumar seu armário e muito me impressionou como ele tinha poucas coisas .Ele possuia somente o que usava .Fiquei recordando que sempre que ele comprava uma roupa nova ia no guarda roupa e tirava uma peça que usava pouco e doava ,dava pros amigos ,para as pessaos que trabalhava com ele . Era uma pessoa desapegada .

Quero tentar ser mais desapegadas e me livrar dos excessos ,não somente dos materiais mas tbem dos espirituais .. da gula ,do egoismo ,da ira (e como ando irada ) ...


5 comentários:

mar e ilha disse...

Andréa, a Lisa escreveu vários posts sobre isso no blog dela. E realmente a gente acumula bens materias desnecessários e espirituais tb. Complicado livrar-se dos excessos em ambos os casos. No material estou tentando mas tá sendo dificil, e no espiritual vou pensar no que devo me livrar mais. Acredito que é a falta de paciência. Vou tentar.

Lisa Nunes disse...

Andrea e Marília,
eu NÃO SOU uma pessoa confiável.
(eu blefei comigo mesma e com todas vocês) Como se não bastasse todos os casacos que tenho no armário (detalhe: o inverno ainda nem chegou aqui!)ante-ontem eu não resisti e comprei (mais)um casaco de lã vermelha (com a desculpa que eu ainda não tinha 1 casaco nessa cor), depois quase morri de remorso quando passei por uma indiazinha dormindo na calçada com seus dois filhinhos ao relento.
Acho que mais difícil que me desapegar das coisas materiais, é SABER desviar meus olhos e pensamentos numa hora dessas para UMA OUTRA COISA de tenha real importância, que não seja consumida com dinheiro ou algo assim. É uma batalha ardua, mas quero vencer.
1 abraço maiúsculo da tua amiga e fã

mar e ilha disse...

Lisa, eu tb ontem acabei comprandou uma outra calça comprida, mesmo com outras tantas no meu armário. Mas agora estou fazendo assim: sempre que compro algo novo dou algo que nao estou usando. Mas como vc disse o mais facil é desapaegar dos bens materiais mas e os espirituais? Esses são bem mais complicado.Acredito que só de termos essa vontade de mudarmos já é um grande passo. Vamos continuar tentando.

Heloísa disse...

Andréa,
Vim agradecer sua visita, e conhecer seu blog, e me deparo com esse texto tão interessante.
Ainda ontem estava pensando nisso: preciso dar uma boa "limpada" no meu armário. Preciso tirar tudo que não uso, tudo que está guardado há bastante tempo, esperando um uso que talvez não chegue.
Mas como é difícil, não?
Fiquei contente de saber que às vezes você me visita e adorei seu comentário ao dia de São José.
Beijos

Andrea disse...

Andrea
Eu adorei aposentar, por causa de uma coisa. Queria ser como papai. Ter desprendimento.
Peguei então todos os meus livros e dei para a casa da cultura ou para a Junia. Distribui todos os meus materiais de pre a 1a a 4a série acumulados nestes anos para Ivani e suas irmãs professoras.
E minhas roupas. Peguei um monte as que eu ia para a escola na roça, porque eu ia um mulambo. E dei para as minhas amigas e para as empregadas.
Dei uma limpa. Acho que ainda dá para arrumar mais guarda roupa. Mas se eu morrer amanha, vai dar menos trabalho de distribuir a bagunça.
Mas também tenho bijoterias variadas, porque ganhei muitas neste meu aniversário de 50 anos e morro de preguiça de usar. Mas agora que estou na capital estou usando cada dia uma diferente.
E legal dar, parece que tiramos um peso de nós.
Com carinho Monica